Marreco Carolina Gray

O pato-carolino é um pato empoleirado de porte médio. Um adulto típico varia entre os 47 até aos 54 cm em comprimento, com uma envergadura de asa que fica entre os 66 até aos 73 cm. Isto representa cerca de três quartos do comprimento de um pato selvagem adulto. Partilha os seus genes com o pato mandarim asiático (Aixgalericulata).

O macho adulto tem a uma plumagem iridescente e multicolorida distinta, e olhos vermelhos, com um toque distintivo branco para baixo do pescoço. A fêmea, menos colorida, tem um olho-anel branco e uma garganta esbranquiçada. Ambos os adultos têm cabeças com crista.

O seu habitat de reprodução consiste de pântanos arborizados ou não, lagos rasos, lagoas e riachos no leste da América do Norte, na costa oeste dos Estados Unidos e do México ocidental. Eles geralmente nidificam em cavidades em árvores próximas à água, embora eles possam tirar proveito de caixas de nidificação em zonas húmidas, se estiverem disponíveis. As fêmeas alinham os seus ninhos com penas e outros materiais suaves, e a elevação fornece alguma proteção dos predadores. Ao contrário da maior parte dos outros patos, o pato-carolino tem garras afiadas para empoleirar-se em árvores e pode, em regiões do sul, produzir duas ninhadas numa única estação – o único pato norte-americano que o pode fazer.

Fonte: http://www.anilhascapri.com.br/novo/2016/11/08/marreco-carolina/

Cadastre-se e receba novidades:
2021 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual